AccueilOportunidade de crescimento

29.03.2011

A Odebrecht Óleo e Gás (OOG), por meio de uma parceria com a Petrobras, deverá contratar, ainda no primeiro semestre deste ano, 20 novos profissionais pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp), do Governo Federal.

Os trabalhadores vão atuar nas plataformas Norbe VI, Norbe VIII e Norbe IX, que entrarão em produção ainda neste ano. Até o fim de 2011, a OOG pretende contratar 60 profissionais.
Coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, o Prominp foi instituído com o objetivo de maximizar a participação da indústria nacional de bens e serviços na implantação de projetos de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior e de gerar oportunidades de trabalho e renda no país.

Dentro do programa, a Petrobras, com o apoio do Senai, criou cursos de capacitação para profissionais técnicos (plataformistas, torristas e sondadores) da indústria do petróleo, com foco na operação de plataformas de perfuração.

Na primeira turma de formação de torristas, oito integrantes da OOG acompanharam as aulas teóricas em janeiro. Estes profissionais participarão, ainda, do módulo prático com tutoria de outros integrantes da empresa. “Com o curso, posso ter novas oportunidades de crescimento dentro da OOG”, afirmou Tiago Perrout de Castro, um dos participantes.