Comunicação

Notícias

O Centro de Tecnologia e Inovação (CTI) da Braskem em Triunfo (RS), um dos mais modernos centros de pesquisa em polímeros de toda a América Latina, investiu R$ 1,7 milhão em equipamentos para um completo laboratório de rotomoldagem, que será inaugurado em março deste ano com a presença de clientes. 

O laboratório será utilizado para desenvolver novas soluções para o mercado de rotomoldagem - segmento responsável por produção de peças grandes, como, por exemplo, caixas d'água, brinquedos e peças do setor agrícola.
 
Entre os testes que poderão ser realizados no novo espaço estão análises de produtividade, comparação técnica entre materiais e grades do portfólio, avaliação da resistência para cumprimento das normas vigentes e atendimento técnico às demandas de clientes. "O laboratório colocará em evidência o segmento da rotomoldagem, permitindo à Braskem posicionar-se como provedora de soluções técnicas para o mercado. Adicionalmente, estaremos capacitando as equipes em um novo processo de produção", diz Eliomar Pimenta, engenheiro de aplicação da Braskem.

Controlada pela Odebrecht, a Braskem é a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, com volume anual superior a 20 milhões de toneladas, incluindo a produção de outros produtos químicos e petroquímicos básicos, e com faturamento anual de R$ 54 bilhões. Com o propósito de melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico, a Braskem atua em mais de 70 países, conta com 8 mil integrantes e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.