Comunicação

Releases

O RIOgaleão Cargo marca presença na 25ª edição da Fruit Logistica. A feira, que ocorre em Berlim (Alemanha), abrange todos os setores do negócio de produtos frescos e fornece uma visão completa das últimas novidades, produtos e serviços em todos os elos da cadeia de fornecimento internacional.

Atualmente, do total de carga movimentada na exportação via RIOgaleão Cargo, 49% corresponde a frutas, cascas de frutos cítricos e de melões, preparações de produtos hortícolas, de frutas ou de outras partes de plantas, sementes e frutos oleaginosos, grãos, plantas industriais ou medicinais, palhas e forragens. O setor é um dos mais importantes para o negócio do terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim, já que representa quase metade do volume exportado.

Na ocasião do evento, a equipe presente aproveitará a oportunidade para apresentar a profissionais da área o Programa de Incentivo à Exportação, cujo objetivo é o de estabelecer um atendimento customizado aos principais exportadores e, assim, desenvolver fluxos e captar novos clientes para o negócio. Mais de 2.880 expositores e 70 mil visitantes, de cerca de 140 países, visitam a Fruit Logistica todos os anos. A feira acontece até o próximo dia 10. 

Sobre o RIOgaleão Cargo

O RIOgaleão Cargo, terminal de cargas da concessionária, que tem a Odebrecht TransPort, Changi e Infraero como sócias, receberá investimentos da ordem de R$ 30 milhões até 2016 para realização de melhorias no terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim. Com a implantação do programa de investimentos, em agosto de 2014, foram iniciadas as reformas dos terminais, galpões e escritórios, além da aquisição de novos equipamentos e adoção de novos processos e procedimentos na armazenagem e movimentação das cargas. Desde o início da operação, o terminal conseguiu uma redução de 40% no tempo médio de liberação de cargas, um ganho de extremo benefício para os clientes do aeroporto. O RIOgaleão Cargo é uma plataforma logística multimodal e de localização estratégica. O terminal de cargas, que está situado há 17 km do Porto do Rio de Janeiro e conectado às principais rodovias do Brasil, conta com uma pista de 4 mil metros – a mais longa do Brasil – e nove posições dedicadas a cargueiros, que podem operar 24 horas por dia, sem restrições de capacidade ou de horário para pousos.

Sobre o RIOgaleão
O RIOgaleão é formado pela Odebrecht TransPort, Changi Airports International e Infraero. A concessionária assumiu a administração e operação do aeroporto, em agosto de 2014, com contrato de concessão de 25 anos. Até o fim desse período, o RIOgaleão investirá R$ 5,2 bilhões no aeroporto – destes, cerca de R$ 2 bilhões foram investidos até as Olimpíadas. As obras do aeroporto foram conduzidas por um consórcio liderado pela Odebrecht. A Changi Airports International traz para o RIOgaleão sua experiência em operações aeroportuárias. A empresa é responsável pela operação e gestão de Singapore Changi Airport, o aeroporto mais premiado do mundo. As duas empresas se uniram para transformar o Aeroporto Internacional Tom Jobim em uma icônica porta de entrada para a América Latina. Para mais informações, visite: www.riogaleao.com.