Negócios

Nossos Negócios

Construtora Norberto Odebrecht

A Construtora Norberto Odebrecht presta serviços de engenharia e construção que geram benefícios para a população em áreas como transporte e logística, energia, saneamento, desenvolvimento urbano, mineração e edificações de uso público e corporativo.

Buscando promover o desenvolvimento sustentável nas regiões em que atua, a Construtora Norberto Odebrecht reciclou 60% dos resíduos sólidos produzidos nos canteiros de obra, obteve o selo de ouro para o inventário de emissões de GEE e apoiou a implantação de mais de 50 programas sociais, beneficiando 183 comunidades com mais de 13 mil pessoas em 2014. 

Seus Integrantes trabalham para superar gargalos de infraestrutura em várias regiões do país, construindo:

  • Metrôs
  • Rodovias
  • Ferrovias
  • Portos 
  • Aeroportos
  • Equipamentos marítimos
  • Arenas esportivas
  • Escolas
  • Centros administrativos
  • Centros de exposições e convenções
  • Habitações populares
  • Projetos no setor de energia

Um dos diferenciais da atuação da Construtora Norberto Odebrecht é a viabilização de projetos por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP) e Contratos de Aliança. Esse modelo permitiu à Organização participar da preparação do país para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Entre as recentes entregas da CNO estão as Arenas Cariocas 1, 2 e 3 (foto) que receberam os atletas durante as Olimpíadas, além do Centro Internacional de Transmissão (IBC, em inglês), o Centro Principal de Mídia (MPC, em inglês) e a área de convivência do Parque Olímpico. A CNO também entregou a Linha 4 do Metrô do Rio, maior obra de mobilidade recente da cidade. 

A empresa também colabora para o fortalecimento da capacidade produtiva do país, ao direcionar esforços para a melhoria da mobilidade urbana e da logística das cidades, com investimentos em sistemas de transporte, portos e aeroportos. Neste segmento, destacam-se as obras civis:

  • Expansão da Estrada de Ferro Carajás (MA/PA);
  • Terminal Portuário Embraport, em Santos (SP) – em sinergia
    com a Odebrecht TransPort;
  • Expansão do Aeroporto de Goiânia (GO) - vídeo - e implantação de um VLT na cidade – o último em parceria com a Odebrecht TransPort;
  • Reforma do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, Galeão (RJ) – por meio de contrato com o consórcio formado por Odebrecht TransPort e Changi Airports Internacional;
  • Estação Multimodal Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ);
  • Construção da Linha 6 - Laranja do Metrô de São Paulo, em sinergia com a Odebrecht TransPort, responsável pela operação.

No setor de energia, seu portfólio acumula a construção de 81 usinas hidrelétricas, 17 usinas térmicas, duas usinas nucleares, barragens, além da implantação de 5,7 mil km de linhas de transmissão. Ao todo, são mais de 60 mil MW em projetos. A empresa também administra ativos no setor de energia elétrica e realiza investimentos que alavancam projetos para os Negócios de Engenharia & Construção no Brasil.

Entre os empreendimentos que contam com investimentos da CNO estão a Usina Hidrelétrica Santo Antônio (3.568 MW), em Rondônia, que será a terceira maior usina hidrelétrica do país em energia assegurada; a Usina Hidrelétrica Teles Pires (1.820 MW), na divisa do Mato Grosso com o Pará, com capacidade para abastecer uma cidade de aproximadamente 6 milhões de habitantes, entre outros. 

>> Veja as Demonstrações Financeiras da Odebrecht Energia e de algumas de suas investidas.

Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro
Museu do Amanhã, na região central do Rio de Janeiro
Porto Maravilha, Rio de Janeiro
No setor de energia, seu portfólio acumula a construção de 81 usinas hidrelétricas
Itaipava Arena Pernambuco, na região da Grande Recife (PE)
Transolímpica, no Rio de Janeiro
Arena Corinthians (SP)

Prêmios e Reconhecimentos

A Construtora Norberto Odebrecht foi premiada por 10 vezes consecutivas como a Empresa mais Admirada do Brasil pela revista Carta Capital; apontada como a Melhor Construtora, pelo quarto ano consecutivo pela Revista Ferroviária; e considerada a maior construtora internacional de hidrelétricas pela revista Engineering News - Record (ENR), por oito vezes.

Túnel do Tempo

A Organização foi criada em 1944 e a empresa que daria origem à Construtora Norberto Odebrecht era responsável pelos primeiros contratos. Desde sua fundação, caracterizava-se pela inovação e emprego de avançados métodos construtivos da época. O edifício Belo Horizonte (foto) é um dos principais marcos do período, erguido em nove meses ante o prazo normal daquele tempo, de três anos.

Logo vieram outros projetos na Bahia, que fortaleceram a credibilidade da construtora. Em 1953, conquistou um novo Cliente, a Petrobras – cujo relacionamento se consolidou ao passar dos anos e permanece até hoje – e iniciou o processo de desenvolvimento no Nordeste brasileiro.

Em 1969, a empresa despontou na paisagem carioca para a construção do edifício-sede da Petrobras: foi o começo da expansão nacional, que permitiu à Odebrecht dominar obras de grande porte e administrar projetos de logística complexa. Na década de 1970, somava mais de 500 contratos em todo o Brasil e passou a investir em tecnologia especial, como metrôs, usinas nucleares, grandes aeroportos e pontes. Destaque para as obras do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, Galeão, e da Usina Nuclear de Angra dos Reis (foto).

Mesmo com os processos de diversificação dos Negócios e de internacionalização, a empresa não deixou de crescer e de se desenvolver no setor de Engenharia e Construção. Na década de 1980, incorporou a empresa paulista CBPO - Companhia Brasileira de Projetos e Obras, a sexta entre as grandes construtoras do país.