Sustentabilidade

Política sobre Sustentabilidade

Desenvolvimento Social

A Sustentabilidade é um dos fundamentos que conduzem a atuação da Odebrecht no compromisso com o desenvolvimento das Comunidades das áreas de influência dos projetos. Os programas sociais da Organização visam desenvolver pessoas e Comunidades como agentes de seus próprios destinos e do desenvolvimento sustentável.

São pilares deste trabalho social:

  • Fortalecimento da cidadania e da governança;
  • Promoção da educação básica e da qualificação profissional para o trabalho;
  • Fomento a iniciativas produtivas geradoras de oportunidades de trabalho e renda;
  • Melhoria da qualidade de vida das Comunidades e desenvolvimento territorial sustentável;
  • Promoção do diálogo, da cooperação e do comprometimento, visando ampliar a contribuição da cadeia de valor para o desenvolvimento sustentável;
  • Fortalecimento da inclusão social, da promoção da diversidade humana e cultural.

A Odebrecht já transformou e transforma a realidade de diversas Comunidades do mundo, com programas como:

Acreditar

Qualifica homens e mulheres para o mercado de trabalho, contribuindo para o desenvolvimento local. Realizado no Brasil em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Social, prioriza candidatos que participam do Programa Bolsa Família, do governo federal, e desenvolve profissionais nas áreas demandadas pela Odebrecht, favorecendo a contratação de mão de obra local. Criado em 2008, o Acreditar formou, até março de 2016, mais de 125 mil pessoas no Brasil e no exterior. A metade delas foi contratada pelos diversos Negócios da Organização. Além do Brasil, o programa foi implantado em mais dez países onde a Odebrecht atua.

Caia na Rede

Concebido inicialmente para levar o ensino de informática aos trabalhadores dos canteiros de obras da Odebrecht, a iniciativa beneficia também crianças, jovens e adultos de Comunidades do entorno dos projetos. A Organização apoia a montagem da infraestrutura necessária para a inserção digital da população e a promoção das aulas. Os moradores da região que integra o Corredor Dom Pedro, no interior de São Paulo, estão entre os contemplados. Por meio da Concessionária Rota das Bandeiras – ativo da Odebrecht TransPort, serão disponibilizadas 150 salas nas 17 cidades do trecho até 2017, apresentando o mundo digital a mais de 32 mil pessoas.

Energia Social para a Sustentabilidade Local

O programa aposta na governança participativa para promover o desenvolvimento de municípios brasileiros onde a Odebrecht Agroindustrial está presente. Por meio do engajamento dos moradores e do envolvimento do governo local, estrutura conselhos comunitários que direcionam investimentos com foco em quatro áreas temáticas: Cultura, Educação, Atividades Produtivas, e Saúde, Segurança e Preservação Ambiental. Atualmente, está presente em nove cidades: Caçu, Cachoeira Alta, Mineiros e Perolândia (GO); Alto Taquari (MT); Costa Rica e Nova Alvorada do Sul (MS); Mirante do Paranapanema e Teodoro Sampaio (SP). Foram desenvolvidos 58 projetos, beneficiando diretamente mais de 50 mil pessoas e, indiretamente, 160 mil. Na área da Educação, por exemplo, qualifica moradores e os insere no mercado de trabalho. Grande parte deles é contratada pela própria Odebrecht Agroindustrial. Já as ações voltadas para a Cultura buscam valorizar a identidade local, resgatar a história e suas tradições, bem como gerar atividades de lazer. Em relação às Atividades Produtivas, introduz hortas comunitárias para o fortalecimento da agricultura familiar e a produção orgânica, envolvendo pequenos produtores locais, assentados e cooperativas. Há ainda projetos voltados para melhorias nos serviços de saúde, com atendimento em urgência e emergência para pacientes em situação de risco, além de melhorias nas condições sanitárias.

Escola em Ação

Integra escola e Comunidade no município de Macaé, no Rio de Janeiro. A participação dos moradores permite que novas atividades sejam incluídas ao espaço educacional. O projeto foi iniciado em 2007, com a abertura de escolas municipais aos fins de semana, com aulas de cultura, esporte, lazer e qualificação de jovens. O trabalho de voluntários comunitários e empresariais, juntos, contribui para a inclusão social, digital e produtiva de crianças, adolescentes e adultos. Sob liderança da Odebrecht Óleo e Gás, o projeto conta com o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil e da Secretaria de Educação do Município de Macaé.

Kukula Ku Moxi

Contribui para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar na área de influência do Polo Agroindustrial de Capanda, em Angola. A região enfrentava carência nutricional quando a Odebrecht chegou ali para iniciar as obras. O programa introduziu o cultivo de diversos produtos, como cenoura, beterraba, alface, banana, entre outros. Em 2013, a ação foi ampliada pelo Cliente, a Sociedade de Desenvolvimento do Polo Agroindustrial de Capanda (Sodepac), e atualmente atende a 28 Comunidades. A renda familiar mensal era de US$ 30 e saltou para US$ 200. O projeto contribui ainda para a segurança alimentar.

Ser + Realizador

Reúne projetos sociais da Braskem voltados para a reciclagem, promovendo a inserção social e econômica e o empreendedorismo de catadores de materiais recicláveis. Está presente em Alagoas, Bahia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, estados onde a empresa tem atuação industrial.

 

 

Incluir

Contribui para a inclusão socioprodutiva no entorno de plantas da Odebrecht Engenharia Industrial na Argentina, gerando trabalho, renda e cidadania. O programa é desenvolvido desde 2012, em parceria com a Universidad Tecnológica Nacional de Puerto Madryn, e capacita jovens e pescadores locais nas técnicas de manipulação de alimentos e desenvolvimento de conservas. As aulas abrangem ainda noções de empreendedorismo produtivo e comercialização de produtos. O programa também apoia os moradores da cidade de Camarones, na Patagônia, na aquisição de materiais e equipamentos necessários para o funcionamento da usina de enlatados de frutos do mar.

Via Escola

Visa contribuir para o desenvolvimento da educação básica, por meio da formação continuada de educadores. O foco é na capacitação de leitores e produtores de textos nas escolas das redes públicas municipais de Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, em Pernambuco. O programa é desenvolvido pela Concessionária Rota dos Coqueiros, ativo da Odebrecht TransPort.

 

Somos

Busca melhorar as habilidades psicossociais e fomentar práticas saudáveis por meio de jogos e do esporte, no Peru. Atende a mais de 3.000 crianças de 11 escolas públicas das áreas de influência de empreendimentos da Odebrecht, como os desenvolvidos pela Concessionária Trasvase Olmos, pelo Projeto Irrigação Olmos, Metrô de Lima e Vias Novas de Lima.

Kwatchena Ku Munda (Desenvolvendo a Mulher Empreendedora)

Contribui para o desenvolvimento sustentável da Comunidade de M’páduè, situada na Província de Tete, em Moçambique, capacitando mulheres agricultoras com conhecimentos de empreendedorismo. Em apenas 10 meses, as ações permitiram a ampliação em 40% da plantação e em 55% da colheita das primeiras 27 pessoas formadas. O programa foi concebido para alavancar a inclusão econômica e criar mecanismos de combate à pobreza da mulher, a partir da otimização da atividade laboral. Antes voltada apenas à subsistência, a agricultura passa a gerar renda e qualidade de vida por meio de novas tecnologias de plantio e rega.