Sustentabilidade

Política sobre Sustentabilidade

Valorização da Cultura

Uma das dimensões da Política sobre Sustentabilidade da Odebrecht é a valorização do patrimônio cultural das Comunidades e países onde atua. Há 58 anos, a Organização investe em projetos que resgatam valores artísticos e estimulam a preservação histórica, dentro ou fora do espaço acadêmico. As principais iniciativas estão relacionadas à produção literária  e à pesquisa dos saberes e fazeres locais.

O primeiro patrocínio aconteceu em 1959, com a publicação do livro Homenagem à Bahia Antiga, do historiador José Valladares. Desde então, artistas e pesquisadores recebem apoio para desenvolverem trabalhos. O resultado é uma coletânea farta na abrangência e heterogeneidade, com mais de 200 títulos, distribuídos entre bibliotecas e entidades públicas e privadas.

Entre as realizações culturais mais recentes da Organização, no Brasil e no exterior, estão:

  • Edição de volumes como o Taínos , Invasión y Conquista de la Espaniola e República Dominicana: Paisaje - Cultura. A coleção é resultado do trabalho de renomados historiadores dominicanos e tem como proposta a transmissão de conhecimentos sobre a história, economia e a evolução sociopolítica do país para as atuais e futuras gerações. O primeiro trata dos diferentes aspectos da vida dos habitantes originais do território que constitui o país, a Ilha de La Hispaniola, durante a época pré-colombiana. O segundo fala dos eventos ocorridos após a descoberta da ilha por Cristóvão Colombo, em 1492, e a subsequente invasão e conquista de seu território a partir de 1533. Já o terceiro inclui, em uma série de fotos, capítulos sobre os aspectos mais relevantes da cultura dominicana.
  • Trabalho arqueológico  desenvolvido no Vale do Sabor, norte de Portugal, onde a Organização participa da construção da Usina Hidrelétrica Baixo Sabor. Por meio de uma equipe especializada e dedicada, a iniciativa estuda e cataloga manifestações artísticas, principalmente de arte rupestre, que acompanham os 32 mil anos de arte na história da humanidade.
  • Criação de diretrizes para a valorização cultural de uma região, como no Grupo de Trabalho Curatorial do Circuito Histórico e Arqueológico da Herança Africana, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. A entidade determina as diretrizes para a implantação de políticas de valorização da memória e proteção deste patrimônio cultural, que reúne sítios históricos  como o Cais do Valongo e da Imperatriz, o Cemitério dos Pretos Novos, o Largo do Depósito, o Jardim do Valongo, a Pedra do Sal e o Centro Cultural José Bonifácio.
  • Iniciativas de Promoção Cultural realizadas pela Braskem que incentivam as artes, como o Prêmio Braskem de Teatro e o patrocínio ao Fronteiras do Pensamento.

As Edições Culturais Odebrecht estão agrupadas em quatro temas: Artes, Cidades e Regiões, História e Parcerias. Algumas publicações são classificadas em mais de um tema.