Construtora Norberto Odebrecht é uma das maiores multinacionais brasileiras

06.11.2009

A CNO foi considerada a segunda maior multinacional brasileira, com base no índice de internacionalização divulgado pela revista Multinacionais Brasileiras, do jornal Valor Econômico. A pesquisa, realizada pela Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet) com metodologia da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad), levou em conta receitas, ativos e empregos no exterior para selecionar as 57 empresas mais internacionalizadas em um universo de 173 companhias com presença no exterior. De acordo com a publicação, o ano de 2008 consagrou o plano de internacionalização da CNO, iniciado há 30 anos, e os números do balanço não deixam dúvidas: o total bruto somou R$ 16,9 bilhões, mais que o dobro contabilizado em 2006. O mercado externo contribuiu com R$ 12,9 bilhões, registrando um salto de quase três vezes nesses dois anos. “A CNO tem como estratégia a permanência de longo prazo em todos os mercados internacionais onde atua e o objetivo é que sejamos identificados como uma empresa local em cada um desses mercados. Para 2009, esperamos crescer 20% no Brasil e atingir no exterior o mesmo patamar alcançado no ano passado”, afirmou Paulo Cesena, Diretor Financeiro.