Nova obra no Pará

25.03.2009

Em consórcio com a empresa Bardella, a Odebrecht (líder) será responsável pela construção das eclusas de Tucuruí, no Rio Tocantins, em Tucuruí (PA). Trata-se de um projeto que foi retomado agora pela Eletronorte, contratante da obra, que visa corrigir um problema causado pela construção da Hidrelétrica de Tucuruí. A usina criou um desnível no rio Tocantins, interrompendo sua navegabilidade naquele ponto. As eclusas, quando concluídas, permitirão a navegação desde Lajeado, no Tocantins, até a capital paraense, Belém. Entre outros benefícios, a hidrovia permitirá o escoamento do minério de ferro produzido na região de Carajás até o porto de Belém, a custos bem menores que o transporte por rodovias ou ferrovias. A obra faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e esta prevista para ser concluída em junho de 2010. Cerca de 400 integrantes atuarão no contrato no pico dos trabalhos.