A Odebrecht

Jornada da Transformação

Índice

 

MARÇO
2016

Compromisso com o Brasil

O comunicado “Compromisso com o Brasil” publicado em 22 de março de 2016 por Emílio Odebrecht, Presidente do Conselho de Administração da Odebrecht S.A., comunicava a decisão da Odebrecht de colaborar definitivamente com as investigações da Operação Lava Jato. O comunicado público também previa práticas rigorosas e transparentes no relacionamento com agentes públicos, entre outras diretrizes.

  • Clique aqui e leia o comunicado Compromisso com o Brasil na íntegra

 

ABRIL
2016

Política de Governança

No início de abril, o Conselho de Administração da Holding, através de uma alteração importante na Política de Governança e consequentes melhorias nas Políticas correspondentes de cada Negócio, determinou:

  • Que pelo menos 20% dos membros dos Conselhos de Administração (e não menos que dois) deverão ser considerados Independentes;
  • A criação de um Comitê de Conformidade Permanente no Conselho de Administração da Odebrecht S.A. e dos Negócios;
  • Vínculo direto dos Responsáveis por Conformidade (CCOs) com os Comitês de Conformidade.

 

JULHO
2016

NOSSO COMPROMISSO

O início do "compromisso de todos os integrantes do Grupo Odebrecht", genuinamente, como convicção, aconteceu em um seminário proposto e coordenado pelo Comitê de Conformidade da Odebrecht S.A que contou com a presença de aproximadamente 170 líderes da Holding e dos Negócios. Neste seminário foi desenvolvido o "Nosso Compromisso para Atuação Ética, Íntegra e Transparente", expresso em 10 princípios.

  • Clique aqui e leia os 10 princípios do Nosso Compromisso

 

OUTUBRO
2016

Conselho Global

O Conselho Global foi criado em apoio à governança, direcionamento estratégico e desenvolvimento das empresas do Grupo de maneira abrangente em áreas como propósito, cidadania corporativa e sustentabilidade. Vinculado ao Conselho de Administração da Odebrecht S.A., o Conselho Global inclui reconhecidos líderes do Brasil e de diversos países com experiência em negócios, organizações da sociedade civil, universidades e instituições multilaterais e governamentais. A criação do Conselho Global faz parte da transformação da Odebrecht, iniciada com a sua decisão, em março de 2016, de colaborar definitivamente com as autoridades e com o compromisso público assumido de agir sempre de maneira ética, íntegra e transparente.

 

NOVEMBRO
2016

APROVAÇÃO DA NOSSA POLÍTICA SOBRE CONFORMIDADE COM ATUAÇÃO ÉTICA, ÍNTEGRA E TRANSPARENTE

O próximo grande passo da jornada de transformação aconteceu no segundo semestre de 2016 através de intensa comunicação pessoal em todo o Grupo, e intensa comunicação também nos canais de comunicação interna, com diálogo amplo iniciado para o desenvolvimento e pacto da Política Sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente.

O processo, lançado e coordenado pelo Comitê de Conformidade, imediatamente aprovado e adotado por todo o Conselho da Odebrecht S.A., o Presidente Executivo e sua equipe, e todo o Grupo, foi o maior esforço educacional de 2016, e estabeleceu ao mesmo tempo a Governança de Conformidade em todas as empresas do Grupo, aprovada pelo Conselho da Holding em novembro de 2016, e em seguida por todos os Negócios, com adaptações específicas para cada caso.

  • Clique aqui e acesse a nossa Política sobre Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente

 

DEZEMBRO
2016

NOSSO PEDIDO DE DESCULPAS E ACORDO DE LENIÊNCIA

A Odebrecht S.A. anunciou em dezembro de 2016 a celebração de um acordo com o Ministério Público Federal do Brasil, o Departamento de Justiça dos EUA e a Procuradoria Geral da Suíça para encerrar a investigação do envolvimento do grupo em atos ilícitos para benefício de empresas do seu grupo econômico.

Nos termos do acordo, a holding do grupo concordou em apresentar os atos ilícitos descobertos por uma investigação interna realizada no Brasil e no exterior envolvendo diversas instâncias de poder e declarar-se culpada de descumprimento de leis brasileiras e suíças e, mais especificamente, da Lei Norte-Americana Anticorrupção (FCPA). Conforme já declarado anteriormente, a Odebrecht se arrepende profundamente da sua participação nas condutas que levaram a este acordo e pede desculpas por violar os seus próprios princípios de honestidade e ética.

  • Clique aqui e leia nosso pedido de desculpas na íntegra

 

FEVEREIRO
2017

MONITORAMENTO INDEPENDENTE

Nos termos do acordo com o Ministério Público Federal do Brasil e o Departamento de Justiça dos EUA, a Odebrecht concordou em contratar um monitor de conformidade externo independente por um período de até três anos, durante o qual continuará aperfeiçoando o seu Sistema de Conformidade, conforme os termos do acordo, e ampliando as - já amplas - medidas de retificação adotadas pelo grupo e reconhecidas pelas autoridades.

 

OUTUBRO
2017

DIRECIONAMENTO CONTEXTO EXTERNO

O Conselho Global, criado pelo Conselho de Administração da Odebrecht S.A. em apoio à governança, direcionamento estratégico e desenvolvimento das empresas do grupo, reuniu-se pela primeira vez em outubro, em São Paulo. A agenda incluiu reuniões de trabalho com o Conselho de Administração da Odebrecht S.A., holding da Organização Odebrecht, e um seminário do qual participaram 180 Líderes dos negócios do grupo de todo o mundo, visando a direção estratégica para 2018 e os anos seguintes. Entre os principais temas discutidos no seminário estiveram o papel das empresas na sociedade, os fatores do sucesso de longo prazo e como concorrer em ambientes desafiadores sem abrir mão de uma atuação ética, íntegra e transparente.

11 de
DEZEMBRO DE 2017

Avanço e Consolidação da Política sobre Governança

O presidente do Conselho de Administração da Odebrecht S.A., Emílio Odebrecht, anunciou uma série de decisões do acionista controlador que reforçam “o novo modelo de empresa em que a Odebrecht já se transformou”.

A significativa transformação empreendida no nosso Grupo empresarial está consolidada na nova Política sobre Governança Corporativa da Odebrecht S.A. Definida após um ano e meio de pesquisas e discussões, dá orientações com base nas mais avançadas referências sobre governança empresarial, como, por exemplo, quanto à composição do Conselho de Administração.

Dentre outras orientações, a partir de agora, o cargo de Diretor Presidente da Odebrecht S.A. não será mais exercido por membro da família Odebrecht, deve ter, no máximo, 65 anos e será escolhido pelo presidente do Conselho de Administração dentre os diretores da holding.

 

15 de
DEZEMBRO DE 2017

Avanço e Consolidação da Política sobre Governança - II

Mudanças no Conselho de Administração da Odebrecht

Emílio Odebrecht anuncia que deixará de ser Presidente do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. em abril de 2018, no encerramento da Reunião Anual do Grupo, na presença de 200 Líderes dos Negócios, da Holding e da Fundação, e dos Conselheiros e Representantes de Acionistas.

Tanto o seu gesto como o novo critério para escolha do diretor presidente representam o desejo do acionista controlador de fazer a separação entre a família Odebrecht e a liderança executiva da Odebrecht S.A., holding dos negócios do Grupo.

Emílio não anunciou o nome de seu sucessor, mas disse que junto com ele se dedicará à renovação do próprio Conselho de Administração, a ser concluída até abril, para adequá-lo "às exigências e aos desafios da nova etapa de vida da Odebrecht".

 

25 de
MAIO DE 2018

Acordo com bancos

A Odebrecht S.A., holding do Grupo Odebrecht, concluiu um acordo financeiro com cinco bancos brasileiros que disponibilizou R$ 2,6 bilhões em novos recursos e ao mesmo tempo alongou, com juros menores, dívidas que venceriam no curto prazo. A conclusão da negociação traz mais segurança à Odebrecht para honrar seus compromissos financeiros, inclusive os decorrentes dos acordos assinados com as autoridades no âmbito do seu Acordo de Leniência, e continuar na sua trajetória de transformação e crescimento.

 

15 de
JUNHO DE 2018

Negociações entre Odebrecht e LyondellBasell

A Odebrecht S.A., acionista controladora de Braskem, uma das principais produtoras de plástico nas Américas, e a LyondellBasell, uma das maiores companhias de plásticos, produtos químicos e refino do mundo, anunciaram em 15 de junho, em um comunicado conjunto, que as companhias iniciaram tratativas exclusivas sobre uma potencial transação entre LyondellBasell e Braskem.

 

29 de
JUNHO DE 2018

Renovação do Conselho de Administração

A Odebrecht, em uma das mudanças mais abrangentes e profundas do seu processo de transformação, anunciou a renovação praticamente total no seu Conselho de Administração, com a inclusão de maioria de conselheiros independentes contratados no mercado e ampliação da diversidade em sua composição.

A eleição do novo Conselho faz parte do avanço e consolidação da Política sobre Governança da Odebrecht S.A. anunciada em dezembro de 2017, com a separação clara entre o papel dos acionistas e a estrutura de administração do Grupo.

  • Clique aqui conheça a nova composição do Conselho de Administração da Odebrecht S.A.

 

6 de
JULHO DE 2018

Comunicado da Petrobras

A Petrobras divulgou comunicado confirmando a celebração de Termo de Compromisso para a retirada do bloqueio cautelar das empresas do Grupo, em vigor desde 29/12/2014. Para a Odebrecht, este passo é um reconhecimento do resultado que vem obtendo há mais de dois anos na adoção de um sistema robusto de prevenção, detecção e combate à corrupção. Além disso, é uma confirmação de que a Odebrecht está no caminho certo para um novo ciclo de crescimento.

 

9 de
JULHO DE 2018

Acordo com AGU e CGU

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) firmaram acordo de leniência com a Odebrecht S.A no valor de aproximadamente R$ 2,7 bilhões. O acordo fortalece a segurança jurídica para a retomada sustentável do crescimento da Odebrecht, permitindo que a empresa assine contratos com a administração pública no Brasil e, entre outros benefícios, contribua para a recuperação do mercado brasileiro de infraestrutura, com práticas renovadas e ganhos para a sociedade como um todo. Os termos definem claramente como os pagamentos serão feitos às entidades públicas e o valor faz parte dos R$ 3,8 bilhões acertados, em dezembro de 2016, no acordo de leniência com o Ministério Público Federal e autoridades dos Estados Unidos e Suíça.

 

31 de
JULHO DE 2018

Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência

A Odebrecht S.A., a Atvos, a Braskem, a Ocyan, a Odebrecht Engenharia & Construção e a OR, firmaram a "Carta Compromisso do Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência", liderado pelo Instituto Ethos em parceria com o Pacto Global das Nações Unidas e a Transparência Internacional.

O objetivo do movimento, que contou com a participação de outras 35 empresas atuantes no Brasil, é engajar lideranças empresariais na agenda da integridade, com foco especial no aprimoramento das relações público-privadas e no fortalecimento da prevenção e combate à corrupção no Brasil.

A construção deste movimento, que participamos desde 2017, contou com contribuições de membros do Conselho Global da Odebrecht em outubro daquele ano.

 

SETEMBRO DE 2018

Direcionamento Estratégico 2019/2021

Os membros do Conselho Global, pelo segundo ano consecutivo, participaram em São Paulo de uma série de seminários e reuniões com líderes da Odebrecht. O tema central dos trabalhos foi o aprimoramento do Direcionamento Estratégico 2019/2021 da Odebrecht S.A. e do Grupo. Os eventos ocorreram entre 20 e 24 de setembro, com a participação do Conselho de Administração e do Diretor Presidente da Odebrecht S.A. e sua equipe, e de mais de 50 conselheiros e líderes das empresas do Grupo.

 

2016-2018:
OUTRAS INICIATIVAS

Entre diversas outras iniciativas, destacam-se:

  • Conformidade com Atuação Ética, Íntegra e Transparente como parte integral de todos os Programas de Ação dos Líderes em todas as Empresas da Organização.
  • Workshops de Líderes sobre “Atuação Ética, Íntegra e Transparente”
  • Plataforma de e-learning para Atuação Ética, Íntegra e Transparente
  • Canal Linha de Ética: melhorias significativas, incluindo operação externa independente
  • Desenvolvimento e implantação dos planos de Auditoria Interna
  • Desenvolvimento e implantação de Due Dilligence de Integrantes e Fornecedores
  • Avaliação de processos financeiros e de TI
  • KPIs para acompanhamento da maturidade do Sistema de Conformidade e a sua implantação efetiva