Comunicação

Notícias

A Concessionária Rota das Bandeiras, no interior de São Paulo, recebeu em sua sede, em Itatiba, um grupo de aproximadamente 40 alunos do curso de Enfermagem da Unicamp. Os estudantes, do 2º ao 5º ano de graduação, participam de um curso de férias focado no Atendimento Pré-Hospitalar (APH).

Durante a visita, os alunos aprenderam sobre o processo de regulação médica, acionamento de equipes de resgate via câmeras de monitoramento do Centro de Controle Operacional (CCO) e atendimento pelo 0800. Eles também tiveram uma aula prática, vivenciando o que os profissionais de resgate da concessionária da Odebrecht TransPort lidam no dia a dia no Corredor Dom Pedro, com o desencarceramento de vítimas e remoção de usuários com traumas.

"É uma oportunidade excepcional para estes alunos. O curso de graduação da universidade não tem uma disciplina focada neste tipo de atendimento, ali na cena do acidente. Por isso, tivemos a ideia de criar este curso de férias", diz a professora Cleuza Vedovato, uma das idealizadoras da disciplina e autora de um mestrado que avaliou o atendimento médico em rodovias.

A visita faz parte do programa Rotas Abertas, promovido pela Concessionária para apresentar o trabalho desenvolvido à comunidade. Em outras oportunidades, alunos de engenharia, de cursos técnicos e do ensino básico estiveram na sede. A dinâmica da visita varia de acordo com a área de estudo dos visitantes.

A Rota das Bandeiras é uma empresa da Odebrecht Rodovias, que reúne os investimentos da Odebrecht TransPort em concessões rodoviárias. A Odebrecht TransPort desenvolve, implanta e opera projetos nas áreas de mobilidade urbana, portos, aeroportos e sistemas integrados de logística