Comunicação

Notícias

Começa hoje, 1º de outubro, a campanha 2019/20 do Tributo ao Futuro. Com o tema “unindo pessoas que acreditam nas pessoas”, a iniciativa coordenada pela Fundação Odebrecht completa 15 anos mobilizando doações para projetos educacionais voltados à formação e inclusão socioprodutiva de adolescentes beneficiados pelas Casas Familiares – escolas rurais que fazem parte do Programa Social da Fundação, o PDCIS.

Até o dia 06 de dezembro, qualquer pessoa pode doar. Para participar, basta acessar o site www.tributoaofuturo.com, realizar um rápido cadastro, escolher o projeto que deseja apoiar e efetuar a contribuição. Além do site, a doação pode ser realizada pelo WhatsApp, no número (71) 99699-6397, ou através do e-mail tributoaofuturo@odebrecht.com.

Thiago Maciel, responsável pelo Tributo ao Futuro na Fundação Odebrecht, explica que os recursos mobilizados são diretamente encaminhados para os Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). “É um processo totalmente seguro e transparente. Os Fundos que recebem os recursos doados são administrados pelos Conselhos Municipais, formados por representantes do Poder Público e da Sociedade Civil, responsáveis por deliberar, acompanhar e fiscalizar de que forma os recursos estão sendo aplicados. As contribuições realizadas para o Tributo ao Futuro, em nenhum momento, passam pela Fundação Odebrecht”.

Resultados

Ao longo desses 15 anos, aproximadamente 50 mil jovens e famílias já foram direta ou indiretamente beneficiados. Em 2018, mais de 5,3 mil pessoas abraçaram a causa e contribuíram para a arrecadação de cerca de R$ 2,3 milhões. Com o apoio desse recurso, importantes resultados já foram alcançados no primeiro semestre de 2019: 327 alunos seguem em formação nas Casas Familiares e 204 ações multiplicadoras foram realizadas em formato de seminários, palestras e dias de campo realizados pelos estudantes para disseminação de conhecimentos e novas técnicas agrícolas às comunidades.

 

 

Projetos apoiados

As doações viabilizam projetos de formação de adolescentes executados por três escolas do Baixo Sul da Bahia: Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I), Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) e a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf). Essas instituições são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), certificadas pelo Programa de Escolas Associadas da Unesco e oferecem aos alunos em formação cursos técnicos profissionalizantes integrados ao Ensino Médio.

Por meio da educação, vidas como a do produtor rural Edivan Alcântara passaram por transformações significativas. Aos 28 anos, o agricultor compartilha suas conquistas. Ele, que “tinha o sonho de viver da agricultura”, ingressou na CFR-PTN em 2008 e pôde traçar um futuro melhor para si a partir da inclusão socioprodutiva. “Sabemos que, sozinhos, não somos ninguém. Conseguir trabalhar para mim era meu grande sonho. Estudei para isso, para ser dono do meu próprio negócio. Não tem reconhecimento maior do que isso, é minha independência”, conta.

Edivan foi um dos beneficiários do Tributo ao Futuro. Por meio dos recursos mobilizados nas campanhas, o agricultor teve acesso, quando ainda era estudante da Casa Familiar, ao seu primeiro projeto produtivo, iniciando seus próprios cultivos. Clique aqui e conheça histórias de outros beneficiários!

Você pode contribuir para que mais sonhos como o de Edivan se tornem reais. Acesse www.tributoaofuturo.com e doe agora.