Comunicação

Notícias

Parceira da Fundação Odebrecht, a Organização de Conservação de Terra (OCT) foi eleita uma das 100 melhores ONGs do Brasil em premiação promovida pelo Instituto Doar, Agência O Mundo Que Queremos e Rede Filantropia. Na cerimônia, realizada no dia 18 de novembro em São Paulo (SP), a OCT também recebeu o prêmio de melhor ONG na categoria Meio Ambiente.

Em sua terceira edição, a premiação visa evidenciar organizações que mais se destacam pela transparência e gestão em suas ações. Em 2019, foram avaliadas 757 entidades em 47 critérios, tais como estrutura administrativa e financeira, a presença de conselhos de gestão, captação de recursos e transparência.

Joaquim Cardoso, Diretor Executivo da OCT, participou da cerimônia na capital paulista e reforçou a importância da conquista para a instituição. “Para a OCT, o prêmio de melhor ONG nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. É muito positivo verificar que nossos procedimentos se mostram adequados. Acreditamos que pesou nessa premiação nossa estratégia de atuar em um espaço geopolítico definido, em condições de ser sistematicamente monitorado. Também foi importante o envolvimento da comunidade, dos beneficiários e do poder público”, afirma.

A OCT é uma das executoras do PDCIS, Programa Social da Fundação Odebrecht que busca transformar social, econômica e ambientalmente as condições de vida das pessoas ao promover ações na área da educação para o desenvolvimento sustentável, utilizando-se da vocação local para alavancar crescimento econômico com inclusão social e conservação ambiental. A Fundação foi uma da inscritas na premiação e ficou na lista das 400 melhores ONGs do Brasil (leia mais aqui).