Comunicação

Notícias

A Odebrecht Agroindustrial conquistou pela primeira vez, em agosto deste ano, o Selo Ouro do Programa Brasileiro GHG Protocol, plataforma de registro de inventários de gases de efeito estufa (GEE) liderada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). São reconhecidas com o Selo Ouro as empresas cujos inventários de emissões de GEE são verificados por auditoria externa. 

“Esse reconhecimento reforça nosso compromisso com a transparência diante de um assunto tão relevante para nosso Negócio, que é a atuação ambiental responsável”, avalia Mônica Alcântara, responsável por Sustentabilidade na Odebrecht Agroindustrial. 

As emissões da Odebrecht Agroindustrial somaram 630,7 mil toneladas CO2e em 2016, redução de 1,5% na comparação com o ano anterior. O resultado reflete, principalmente, a otimização do consumo de diesel nas operações das Unidades Agroindustriais. A empresa publica desde 2015 seu inventário de emissões de GEE de acordo com metodologia do GHG Protocol. O inventário de 2016 foi auditado pela empresa BSI Brasil e está disponível aqui.

Além da redução nas emissões, outro impacto positivo da atuação da Odebrecht Agroindustrial foi a exportação recorde de energia elétrica a partir da biomassa. Em 2016, foram comercializados para a rede do Sistema Interligado Nacional (SIN) 2,2 mil GWh de energia, o que representa 1,4 milhão de toneladas de CO2 não emitidas na atmosfera. “Contribuímos efetivamente para o aumento de oferta de energia renovável no país, em linha com as metas brasileiras para cumprimento do Acordo de Paris”, diz Mônica Alcântara. 

Neste ano, 74 empresas receberam o selo ouro na qualificação do inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE). Dentre elas também está a Odebrecht Engenharia & Construção – Infraestrutura, outra empresa do Grupo Odebrecht, que conquistou o selo pelo quarto ano consecutivo. Desde 2011, a OEC realiza inventários completos que evidenciam as principais fontes emissoras de gases de efeito estufa em sua operação. O inventário 2016 de emissões GEE da OEC está disponível aqui.