Comunicação

Notícias

Quatro projetos foram reconhecidos em cerimônia da sétima edição do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável na Venezuela, realizada em 7 de novembro. As instituições Central da Venezuela, Nacional Experimental de Táchira, Universidade de Zulia,  Universidade de Los Andes e Universidade Nacional Experimental Sur del Lago foram homenageadas por apresentarem projetos inovadores e sustentáveis, com forte potencial de serem replicados e transformados em realidade. 

Ao todo, 104 estudantes participaram desta edição."Cada uma das propostas vencedoras são ideias que dão respostas aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (17 ODS), que marcam a agenda de desenvolvimento mundial durante os próximos 15 anos", destacou Marcelo Colavolpe, diretor superintendente da Odebrecht no país.

O evento contou com a participação de Geovanni Siem, professor e diretor do Instituto de Desenvolvimento Experimental da Construção, ligado à Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Central da Venezuela. Na ocasião, Geovanni conduziu uma conferência sobre os 17 ODS dentro da universidade, explicando como as faculdades podem ser incubadoras de iniciativas social e ambientalmente responsáveis.