Comunicação

Releases

Rio de Janeiro, 02 de julho de 2014 - O primeiro dos 70 trens chineses adquiridos pelo Governo do Estado para a SuperVia entrará em circulação nesta quarta-feira (2/7), após passar por fase de testes. No mesmo dia, começa a operar também o sétimo trem nacional comprado pela concessionária. O desembarque do trem chinês no Rio foi acompanhado pelo governador, Luiz Fernando Pezão, e pela secretária de Transportes, Tatiana Carius, no dia 25 de maio – quatro meses antes do previsto em contrato.

O segundo lote, com três trens, também já desembarcou no Rio. A previsão é que eles sejam integrados à frota da SuperVia até o fim do mês de julho, quando uma nova leva chegará com mais quatro composições. O cronograma de entregas prevê desembarques de pelo menos um lote de quatro trens por mês.

Com tecnologia de ponta e modernos circuitos de tração e frenagem, o trem é mais amplo, climatizado e equipado com TVs, painéis de informações de LED e câmeras de monitoramento e tem capacidade para transportar até 1.200 passageiros. O veículo segue o mesmo modelo de outros 30 veículos chineses entregues pelo Estado à população em 2012.

Somados, os 70 novos trens representam aumento de 840 mil lugares por dia no sistema ferroviário do Grande Rio. A compra dos veículos, fabricados pelo consórcio chinês CMC/CNR/CRC, demandou investimentos de US$ 306 milhões, financiados pelo Banco Mundial. A licitação feita pela Secretaria Estadual de Transportes foi considerada a mais rápida da história da instituição, registrando o valor mais baixo em compra de trens na América Latina.

Dentro do plano de modernização da frota do sistema ferroviário, a SuperVia adquiriu ainda 10 trens nacionais, dos quais seis já estão em circulação. A previsão é que até setembro os três restantes também estejam em operação plena. Compostas por oito carros, as composições também contam com ar condicionado, passagem interna entre carros, sistema de travamento de portas durante as viagens, e capacidade para transportar até 2.400 passageiros.

Modernização da frota

Em 2007, a SuperVia transportava, em média, 325 mil passageiros por dia, e contava com apenas 10 trens refrigerados. Atualmente, são 104 composições refrigeradas, atingindo picos de 640 mil passageiros por dia. Os investimentos na modernização da frota, que somam R$ 3,3 bilhões em parceria com a concessionária, vão permitir que o sistema ferroviário encerre o ano de 2014 com cerca de 150 trens equipados com ar-condicionado. Até o fim de 2015, toda a frota será refrigerada.