Governança

Conselho e Diretoria

Conselho de Administração da Odebrecht S.A.

O Conselho de Administração da Odebrecht é composto dos seguintes membros:

Emílio Odebrecht, presidente do Conselho de Administração

O sr. Emílio Alves Odebrecht nasceu na Bahia, em 25 de janeiro de 1945. Graduou-se em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 1968. Ingressou como estagiário da CNO – Construtora Norberto Odebrecht – em 1966, iniciando o processo de sucessão harmônica e planejada de seu pai, Norberto Odebrecht, na liderança do Grupo Odebrecht. Foi responsável técnico de obras até 1972 e, no período de 1973 a 1980, foi superintendente das subsidiárias da área Centro-Sul, vice-presidente e, posteriormente, presidente da CNO.

Com a criação da holding Odebrecht S.A. em 1981, tornou-se vice-presidente executivo da holding, além de presidente da CNO. Foi sob a sua liderança que, na década de 1990, a Odebrecht passou de investidora a líder do setor petroquímico no Brasil, com participações em um conglomerado de empresas que daria forma à BRASKEM, atualmente a maior empresa petroquímica das Américas, com fábricas no Brasil, Estados Unidos e Alemanha. Foi também sob a liderança do sr. Emílio que a Odebrecht consolidou sua atuação internacional, que está representada por operações permanentes na América do Sul, América Central, Caribe e América do Norte, Europa, África e Oriente Médio.

Em 1991, em mais uma etapa do processo de sucessão, substituiu seu pai, Norberto Odebrecht, como diretor-presidente da Odebrecht S.A. e, ao completar esse ciclo, assumiu, em abril de 1998, a presidência do Conselho de Administração da Odebrecht S.A., em que permanece.

Ao longo de sua trajetória empresarial, foi agraciado com títulos, medalhas e comendas concedidas por entidades públicas e privadas, civis e militares, além de órgãos do governo, em reconhecimento ao trabalho realizado pela Odebrecht em prol do desenvolvimento econômico e social das comunidades em que a empresa está inserida. O sr. Emílio contribuiu com a sociedade ao participar de várias entidades, como a Confederação Nacional da Indústria, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), o Instituto Internacional Empreender – ENDEAVOR, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) e a Fundação Odebrecht.

Em 2007, sr. Emílio publicou o livro Confiar e Servir – Ideias sobre o Desenvolvimento do Brasil e de suas Empresas. Entre novembro de 2008 e novembro de 2010, escreveu uma coluna semanal no jornal Folha de São Paulo, e, em 2015, lançou outra publicação, Suceder e Ser Sucedido – Desafios e aprendizados de uma geração de empresários.

Newton de Souza, Vice-presidente do Conselho de Administração

O sr. Newton de Souza nasceu no Paraná, em 6 de maio de 1953. É formado em Direito, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUCRS), e possui mestrado pela University of Pennsylvania. Frequentou também o programa High Performance Boards, ministrado pelo IMD, em Lausanne, Suíça.

Foi eleito vice-presidente do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. em 12 de maio de 2017, momento em que também transferiu o cargo de diretor-presidente da Odebrecht para Luciano Guidolin. Ingressou no Grupo Odebrecht em 1988 como diretor jurídico da Odebrecht S.A., passando à condição de diretor executivo a partir de maio de 1997, sempre reportando-se diretamente ao diretor-presidente. Integrou os conselhos de administração de todas as Empresas Líderes de áreas de Negócio da Odebrecht. Atuou, também, como presidente do Conselho de Administração da Companhia de Concessões Rodoviárias – CCR. Em dezembro de 2015 foi eleito membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A.

Em sua trajetória profissional, atuou como advogado visitante no escritório de advocacia Dechert, Price & Rhoads (Filadélfia), como advogado sênior do escritório de advocacia Pinheiro Neto Advogados de 1976 a 1982 e como advogado sênior da Divisão da América Latina e Caribe do Banco Mundial (Washington, D.C.) de 1982 a 1987.

Gilberto Pedreira de Freitas Sá, membro do Conselho de Administração e membro do Comitê de Conformidade

O sr. Gilberto Sá nasceu na Bahia, em 19 de outubro de 1940. É formado em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA). No desempenho de suas atividades profissionais, o sr. Gilberto Sá especializou-se na área de finanças, tendo participado da fundação e/ou gestão financeira de empresas privadas brasileiras, tais como: a Casaforte S.A. – Crédito Imobiliário, da EMPROL – Empreendimentos e Projetos S.A. (Empreendimentos Imobiliários), da SISBRA – Eletrosiderúrgica Brasileira S.A. (Metalurgia), da Empreendimentos da Bahia S.A. e de sua sucessora, Multitrade S.A. (Trading).

Ingressou no Grupo Odebrecht em 1980, como diretor da CBPO – Companhia Brasileira de Projetos e Obras. De 1983 a 1988, ocupou a Diretoria Geral de Finanças da Construtora Norberto Odebrecht S.A. e, a partir de 1988, passou a liderar as áreas de Química e Petroquímica do Grupo. Em 1990, assumiu a vice-presidência da Odebrecht S.A., tornando-se o responsável pela gestão financeira da empresa holding do Grupo Odebrecht e de suas empresas auxiliares, função que exerceu até 27 de abril de 1995, data em que foi eleito membro do Conselho de Administração da Odebrecht.  Em abril de 2016, passou a integrar o Comitê de Conformidade, órgão de apoio do Conselho de Administração da Odebrecht.

Foi membro do Conselho do Instituto de Hospitalidade, do Conselho do Portal da Misericórdia e do Rodin Bahia (Abacult). Atualmente, além das atividades que exerce na Odebrecht e na Rangiroa Empreendimentos Patrimoniais Ltda., é membro do Conselho Superior e do Conselho de Cultura da Associação Comercial da Bahia, do Definitório da Santa Casa de Misericórdia, do Conselho Curador do Museu Carlos Costa Pinto e presidente da Fundação Pierre Verger.

Luiz Antonio Schneider Alves de Almeida, membro independente do Conselho de Administração

O sr. Luiz Almeida nasceu em São Paulo, em 2 de setembro de 1932. É formado em Engenharia Mecânica, pela Universidade de Washington, Seattle, Estados Unidos. Profissional com mais de 50 anos de experiência, atuou como presidente da Empreendimentos da Bahia S.A., foi responsável pelo Plano Diretor do Centro Industrial de Aratu, presidente da SIBRA – Eletrosiderúrgica Brasileira S.A. e vice-presidente da CLAN S.A. – Consultoria e Planejamento, empresa que foi responsável pela concepção do Polo Petroquímico de Camaçari. O sr. Luiz Almeida atuou como diretor-presidente na Stelar Telecom Ltda. (1995 – 1997). Na Construtora Norberto Odebrecht exerceu os cargos de diretor geral, diretor-vice-presidente entre 1979 e 1987, quando passou a ser membro do Conselho de Administração, cargo que exerceu até 1995. Retornou ao Conselho da CNO em 2005, como conselheiro consultivo, função que exerceu até 2014. 

O sr. Luiz Almeida também foi membro do Conselho de Administração da Tenenge – Técnica Nacional de Engenharia S.A. (1989 – 1995), membro do conselho da Companhia Brasileira de Projetos e Obras – CBPO (1991 – 1995). Na Odebrecht Investimentos S.A., exerceu o cargo de Diretor Vice-presidente (1981 – 1998) e de membro do Conselho de Administração (1991 – 2007). O sr. Luiz é membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. desde 2007 e membro do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht desde 1993.

Luiz Fernando Souza Villar, membro do Conselho de Administração e membro do Comitê de Conformidade

O sr. Luiz Villar nasceu na Bahia, em 11 de julho de 1946. Graduou-se em Engenharia Civil, Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e possui cursos de extensão em Macroeconomia, pela FGV do Rio de Janeiro, e Gerência avançada, pelo INSEAD / França.

Ingressou na Construtora Norberto Odebrecht (CNO) em 1968, como diretor de Contratos e, em 1981, foi eleito diretor geral, atuando no Brasil e também no exterior. Ao longo de sua trajetória no Grupo, Luiz Villar ocupou diferentes cargos em diversas empresas. Em 1988, foi eleito vice-presidente executivo da Odebrecht Mineração e Metalurgia, em 1989 foi eleito diretor da Odebrecht S.A., no período de 1990 a 1993, atuou como presidente da Odebrecht Perfuração para Petróleo, entre 1993 a 1997, foi eleito presidente da Odebrecht Celulose (Projeto VERACEL). No período de 1997 a 2001, foi o presidente da Odebrecht Serviços de Infraestrutura. O sr. Luiz Villar foi eleito membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. em 2002 e passou a integrar o Comitê de Conformidade, órgão de apoio do Conselho de Administração da Odebrecht, em abril de 2016.

Renato José Baiardi, membro do Conselho de Administração

O sr. Renato Baiardi nasceu na Bahia, em 13 de julho de 1943. Graduou-se em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA), possui cursos de extensão em Cálculo de Placas pelo Método de Charneiras Plásticas (Instituto de Matemática – Salvador), Desenvolvimento Organizacional (CONCISA – Rio de Janeiro), Concreto Protendido (Clube de Engenharia da Bahia – Salvador), Finanças para Executivos de Áreas (ANR – Salvador) e Sociologia Política (Escola de Filosofia da Universidade Federal da Bahia – Salvador).

Iniciou sua trajetória profissional em 1966 como monitor da Cadeira de Estatística na Escola Politécnica da UFBA. Ingressou no Grupo Odebrecht, por meio da Construtora Norberto Odebrecht (CNO), em 1967, como auxiliar técnico. Ao longo de sua trajetória na CNO ocupou diferentes cargos, e foi eleito presidente em 1988. O sr. Renato Baiardi atuou também como diretor na Odebrecht Engenharia de Minas Ltda., diretor-presidente da Multitrade S.A., diretor da Empreendimentos Siderúrgicos Ltda., diretor geral da Odebrecht Serviços no Exterior Ltda., diretor-presidente executivo da Odebrecht Overseas Limited, diretor da Odebrecht S.A. Em 1989 foi eleito vice-presidente e membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. e, em 1995, foi eleito presidente, cargo em que permaneceu até 2001. Entre 1997 e 2001, atuou também como presidente da TENENGE – Técnica Nacional de Engenharia Ltda. e presidente da CBPO – Engenharia Ltda.

Em 2002 foi eleito membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A.

Rubens Ricupero, membro independente do Conselho de Administração

O sr. Rubens Ricupero nasceu em São Paulo, em 1º de março de 1937. Com quase 50 anos de experiência internacional, o sr. Rubens teve significativa atuação no plano nacional, pois foi duas vezes ministro de Estado, subchefe da Casa Civil e assessor dos presidentes Tancredo Neves e José Sarney. É também professor universitário e colaborador dos maiores órgãos de imprensa. Sua formação inicial na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo foi complementada pelo curso do Instituto Rio Branco, do Itamaraty. 

Como ministro da Fazenda, foi responsável pelo lançamento do Plano Real em 1994, etapa decisiva na estabilização da economia brasileira. Foi responsável também pela implantação, em 1993, do recém-criado Ministério do Meio Ambiente e da Amazônia Legal, que definia como prioridades o desenvolvimento sustentável da Amazônia, a preservação da Mata Atlântica e a criação de parques e reservas ecológicos. 

No âmbito do comércio internacional, foi o chefe da delegação do Brasil durante a maior parte da Rodada Uruguai do GATT, sendo eleito para diversos cargos da organização: presidente das Partes Contratantes (1991), presidente do Conselho de Representantes (1990), do Comitê de Comércio e Desenvolvimento (1989) e do Grupo de Países em Desenvolvimento (1988 – 1991). Essa atuação fez que a Assembleia Geral da ONU o elegesse secretário geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), em Genebra, cargo em que permaneceu por dois mandatos sucessivos e uma prorrogação (1995 – 2004). 

O sr. Rubens presidiu as difíceis negociações do capítulo de finanças da Agenda 21 na Conferência de Meio Ambiente, a Eco-Rio 92. Foi o principal negociador pelo Brasil do Tratado de Cooperação Amazônica e, por muitos anos, integrou ou dirigiu no Itamaraty o setor a cargo das relações com todos os países das Américas. Ocupou algumas das mais importantes embaixadas do Brasil, tanto no plano bilateral – Washington, Roma – como no multilateral – ONU em Genebra. 

Professor de Relações Internacionais, na Universidade de Brasília, e de História Diplomática do Brasil, no Instituto Rio Branco, o sr. Rubens publicou, em várias línguas, livros, ensaios, artigos sobre suas especialidades. 

Os temas de sua experiência e estudo incluem: política internacional, economia mundial, comércio, desenvolvimento, meio ambiente (aquecimento global, Amazônia), direitos humanos, agricultura moderna, história internacional, interpretações do Brasil, problemas raciais e religiosos, cultura afro-brasileira, América Latina, África, Ásia. 

Atualmente é diretor da Faculdade de Economia e Relações Internacionais da FAAP e presidente do Conselho Editorial da Editora da Universidade de São Paulo, presidente honorário da Japan House e presidente honorário do Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial. É membro do conselho da Fondation Prince Albert II, de Mônaco, do South Centre, de Genebra, e de outras fundações culturais e universitárias. Rubens manteve durante quase 20 anos coluna regular na Folha de São Paulo, reproduzida em outros jornais do país, além de ser comentarista de emissoras de rádio e TV.

Sérgio Foguel, membro do Conselho de Administração e membro do Comitê de Conformidade

O sr. Sergio Foguel nasceu no Rio Grande do Sul, em 28 de março de 1945. É formado em Engenharia Civil, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e possui mestrado em Administração de Empresas, pela Universidade da Califórnia, e é fellow do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

A partir de 1977, o sr. Sergio atuou como vice-presidente para Governança Corporativa, Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Humano e Organizacional da Odebrecht S.A. Em 1992, foi eleito membro do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. e passou a integrar o Comitê de Conformidade, órgão de apoio do Conselho de Administração da Odebrecht, em abril de 2016. 

Fora do âmbito da Odebrecht, o sr. Sergio atua como consultor de fundadores e líderes de empresas, com ênfase em Estratégia de Governança, e participa ativamente da governança de entidades sociais. Atualmente, o sr. Sergio é membro do Conselho Consultivo Internacional da Fundação Dom Cabral, do Conselho Internacional da Herity (Itália) e do Conselho do Parampara Family Business Institute (Índia).

 

Responsável Por Conformidade da Odebrecht S.A.

O responsável por Conformidade na Odebrecht S.A. é liderado diretamente pelo coordenador do Comitê de Conformidade da Odebrecht S.A., órgão de apoio do Conselho de Administração.

Olga Pontes, Responsável por Conformidade

A sra. Olga Pontes nasceu na Bahia, em 14 de novembro de 1975, possui MBA em Governança Corporativa, pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI), MBA em Gestão Empresarial, pela Fundação Getúlio Vargas, é graduada em Processamento de Dados, pela Rui Barbosa, e cursou Engenharia Civil, na Universidade Federal da Bahia. Sua experiência profissional em conformidade, gestão de risco e auditoria interna foi construída, durante nove anos em que trabalhou para a EY, sendo dois deles em Londres. Ingressou no Grupo Odebrecht, em 2006, como responsável por Segurança da Informação (CSO) da Braskem e, em 2009, passou a ser a responsável por Segurança Empresarial. Desde abril de 2016, é a responsável por Conformidade na Odebrecht S.A.

 

Diretoria Executiva da Odebrecht S.A.

A Diretoria da Odebrecht S.A. é composta dos seguintes membros:

Luciano Guidolin, Diretor-Presidente

O sr. Luciano Guidolin nasceu em São Paulo, em 04 de outubro de 1972, é engenheiro, possui mestrado em Administração de Empresas, pela Harvard Business School, e está há 23 anos no Grupo Odebrecht.

O sr. Luciano ingressou no Grupo Odebrecht em 1994 como estagiário na OPP Petroquímica, posteriormente Braskem, tendo atuado em diversas funções, entre elas, diretor de Planejamento Corporativo, diretor de Marketing e Desenvolvimento de Vinílicos, diretor de Exportação de Poliolefinas e diretor comercial de Vinílicos. Participou da criação da ETH Bioenergia, atual Odebrecht Agroindustrial, como diretor financeiro. 

Atuou como diretor financeiro da Odebrecht S.A., em que serviu no Conselho de Administração de várias empresas do Grupo. Retornou à Braskem como diretor vice-presidente de Poliolefinas, Vinílicos, Renováveis, Tecnologia e Europa.  

No início de 2017, tornou-se responsável por Investimentos na Odebrecht S.A., e, em 12 de maio de 2017, foi eleito diretor-presidente da Odebrecht, em substituição a Newton de Souza

Daniel Villar, Responsável por Apoio Funcional em Planejamento e Pessoas

O sr. Daniel Villar nasceu na Bahia, em 26 de novembro de 1972. É formado em Engenharia Civil, pela PUC-RJ, e está há 22 anos no Grupo Odebrecht.  

O sr. Daniel ingressou no Grupo Odebrecht como estagiário na Construtora Norberto Odebrecht (CNO) em 1995, na obra do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Entre 2006 e 2007, exerceu o cargo de diretor superintendente para o mercado delegado de infraestrutura do Cone Sul (Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia) e, entre 2008 e 2010, para o mercado delegado da Líbia. A sua experiência internacional na CNO inclui ainda sete anos no Peru e três anos no Equador. 

De 2011 a 2013, atuou como diretor superintendente na Odebrecht Realizações e, desde 2014, atua como responsável por Planejamento e Pessoas na Odebrecht S.A.

Luciano Guidolin, Responsável por Apoio Funcional em Investimentos

O sr. Luciano Guidolin nasceu em São Paulo, em 04 de outubro de 1972, é engenheiro, possui mestrado em Administração de Empresas, pela Harvard Business School, e está há 23 anos no Grupo Odebrecht.

O sr. Luciano ingressou no Grupo Odebrecht em 1994 como estagiário na OPP Petroquímica (posteriormente Braskem), tendo atuado em diversas funções, entre elas, a de diretor de Planejamento Corporativo, diretor de Marketing e Desenvolvimento de Vinílicos, diretor de Exportação de Poliolefinas e diretor comercial de Vinílicos. Participou da criação da ETH Bioenergia (atual Odebrecht Agroindustrial) como diretor financeiro. 

Atuou como diretor financeiro da Odebrecht S.A., em que serviu no Conselho de Administração de várias empresas do Grupo. Retornou à Braskem como diretor vice-presidente de Poliolefinas, Vinílicos, Renováveis, Tecnologia e Europa na Braskem.  

No início de 2017, tornou-se responsável por Investimentos na Odebrecht S.A, e, em 12 de maio de 2017, foi eleito diretor-presidente da Odebrecht, em substituição a Newton de Souza, e acumula temporariamente a função de RAF Investimentos.

Marcelo Lyra, Responsável por Apoio Funcional em Comunicação e Sustentabilidade

O sr. Marcelo Lyra nasceu em Belo Horizonte (MG), em 13 de março de 1964, é engenheiro elétrico eletrônica, possui pós-graduação em General Management, pela Harvard Business School, e em Marketing, pela Unifacs da Bahia, e está há dez anos no Grupo Odebrecht. Antes de ingressar no Grupo, o sr. Marcelo atuou como diretor da Rede Globo de Televisão em São Paulo, como responsável por Relações com emissoras afiliadas (2000 – 2003) e exerceu funções na Rede Bahia de Comunicação por dois períodos, inicialmente como diretor comercial (1994 – 2000) e como diretor de Negócios de Mídia (2003 – 2007).

Ingressou no Grupo em 2007 e, durante o período de 2007 a 2016, foi vice-presidente de Relações Institucionais e Comunicação da Braskem. Atualmente é responsável por Comunicação e Sustentabilidade da Odebrecht S/A.

Marcela Drehmer, Responsável por Apoio Funcional em Finanças

A Sra. Marcela Drehmer nasceu na Bahia, em 03 de janeiro de 1969, é administradora de empresas, pela UNIFACS, possui pós-graduação em Finanças, pela IBMEC – São Paulo, e está há 24 anos no Grupo Odebrecht.

A sra. Marcela acumula passagens pela Odebrecht S.A, onde trabalhou com o vice-presidente, entre 2001 e 2002, pela Braskem, onde atuou como gerente de Project Finance, entre 2002 e 2004, diretora de Finanças e Tesouraria, de 2004 a 2010, e vice-presidente de Planejamento, Finanças e Relações com Investidores, de 2010 a 2013. Durante sua trajetória na Braskem, a sra. Marcela participou de todas as operações de fusão e aquisição da companhia. Em 2000, participou do Programa de Estágio Corporativo de Finanças no Credit Suisse First Boston, em New York. 

Atualmente, a sra. Marcela é responsável por Finanças da Odebrecht S.A., posição que assumiu em julho de 2013.

Mauricio Ferro, Responsável por Apoio Funcional Jurídico e Governança

O sr. Mauricio Ferro nasceu em Brasília, em 04 de abril de 1966, é advogado, pela PUC-RJ, possui mestrado pela Universidade de Londres e pela London School of Economics e está há 22 anos de Grupo Odebrecht.

Antes de ingressar no Grupo, o sr. Mauricio atuou como advogado do escritório de advocacia de Carlos Eduardo Paladini Cardoso em 1989 e como advogado do escritório de advocacia de Bulhões Pedreira, Bulhões Carvalho e Advogados Associados entre os anos de 1991 a 1995. 

O sr. Mauricio atuou como advogado da Odebrecht S.A., de 1995 a 2001, e foi responsável pelo Jurídico e Governança Corporativa da Braskem, de 2001 a 2013. Atuou ainda como membro do Conselho de Administração em diversas empresas, tais como Cetrel S.A., Ipiranga Petroquímica S.A., da Companhia Petroquímica do Sul – Copesul, Politeno Indústria e Comércio S.A., Petroflex Indústria e Comércio S.A., Trikem S.A., Nitrocarbono S.A. e Polialden Petroquímica S.A., e também atuou como diretor da Copene – Companhia Petroquímica de Camaçari. 

Atualmente o sr. Mauricio é responsável por Jurídico e Governança da Odebrecht S.A., posição que assumiu em 2013.

André Amaro, Assessor Especial do Diretor-Presidente

O sr. André Amaro nasceu em Minas Gerais, em 18 de julho de 1963, é formado em Engenharia Civil, pela UFMG, tem um MBA do IMD, e é integrante do Grupo Odebrecht há 28 anos, onde iniciou a sua carreira em obras de infraestrutura pesada e liderou investimentos da Odebrecht nos programas de Concessão de serviços públicos no Brasil, Argentina, Alemanha e Portugal. 

Foi responsável por Financiamentos a Projetos e Exportação na CNO, por Planejamento na Braskem e responsável por Pessoas na Odebrecht S.A e foi também o LN da Odebrecht Properties e da Odebrecht Defesa Tecnologia.

Atualmente é assessor especial da Odebrecht S.A.

Mônica Odebrecht, Assessora Especial do Diretor-Presidente

A Sra. Mônica Odebrecht nasceu na Bahia, em 16 de março de 1970, é advogada, formada pela Universidade Católica de Salvador, e trabalha no Grupo Odebrecht desde 1994. Iniciou sua carreira na holding Odebrecht S.A., atuando na área corporativa até 1999, quando foi para os Estados Unidos para trabalhar temporariamente no Clifford Chance LLP. Ao retornar ao Brasil, em 2000, atuou na área empresarial e financeira das empresas do Negócio Química & Petroquímica do Grupo Odebrecht (atual Braskem), até 2002, quando foi transferida para a Construtora Norberto Odebrecht S.A., onde também atuou nas áreas corporativa e financeira até 2008. A partir daí, voltou para a área jurídica da Odebrecht S.A.

Atualmente é assessora especial da Odebrecht S.A. e diretora de várias empresas do Grupo, inclusive da ODBINV S.A., controladora da Odebrecht S.A