Comunicação

Notícias

Com a concretagem da primeira camada do forno número 1, a Odebrecht iniciou, no último dia 29, as obras civis do Projeto Mineração Onça Puma, da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) em Ourilândia do Norte, no Pará. Contratada pela Mineração Onça Puma, subsidiária da CVRD, a obra, que atualmente emprega 1.200 integrantes, possui dois contratos: o primeiro consiste na execução dos serviços de terraplenagem e drenagem. Já o segundo trata das obras civis do complexo industrial para exploração de ferro níquel, o qual contará com dois fornos. As fundações destes, assentadas diretamente no solo, ocupam uma área de 2 mil m2 cada, e exigem a aplicação de 10 mil m3 de concreto armado. Ao todo, serão executados 60 mil m3 de concreto armado nos dois fornos, em um prazo total de 12 meses.