Comunicação

Notícias

As comemorações de final de ano dos integrantes da Odebrecht Construction, Inc., nos Estados Unidos, contaram com a participação dos grupos de canto, dança e teatro do Liceu de Artes e Ofício da Bahia, organização secular que contribui para a inclusão na sociedade de jovens em situação de vulnerabilidade pessoal e social. Os grupos se apresentaram Knight Concert Hall, uma das salas do mais moderno centro de espetáculos dos Estados Unidos, o Carnival Center of Performing Arts, construído pela Odebrecht e inaugurado recentemente. Diante de uma platéia de cerca de 350 pessoas, entre integrantes da Odebrecht e familiares, o Liceu abriu as festividades com a produção "No Coração da Bahia". Em seguida, acompanhados do maestro Sergio Souto, apresentaram canções latinas, africanas, além de músicas brasileiras como "Domingo no Parque", de Gilberto Gil, "Aquarela do Brasil", tocada em vários ritmos, mostrando a diversidade musical do país e "Samba do meu país", de Dorival Caymmi, que encerrou o espetáculo.