Comunicação

Notícias

No município de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, 900 casas começaram a ser construídas. Esse foi o início da segunda etapa do Morar Feliz, maior programa habitacional realizado por prefeituras no interior do Brasil, que terá investimentos de R$ 475,5 milhões.

O Diretor Superintendente da Odebrecht Infraestrutura no Rio de Janeiro, Leandro Azevedo, e o Diretor de Contrato, Eduardo Fontenelle, acompanharam o lançamento da pedra fundamental do programa ao lado da prefeita Rosinha Garotinho. “Vamos gerar 2.600 oportunidades de trabalho diretas e indiretas. Começamos a construir casas com total infraestrutura para as famílias e atuamos para contribuir com o desenvolvimento econômico e social da cidade”, destacou Leandro Azevedo.

Rosinha Garotinho lembrou que na data foi celebrado o quarto ano do Morar Feliz. “Isso é mais um motivo para que o trabalhador comemore”, ressaltou a prefeita. “Essas famílias merecem casa, escola e creche para que homens e mulheres possam trabalhar e deixar seus filhos em segurança”, ela completou.

As 5.426 casas da primeira fase foram construídas pela Odebrecht Infraestrutura em 14 conjuntos habitacionais, distribuídos em 10 bairros. Ao todo, 206 vias foram abertas com novos bairros, que receberam ruas asfaltadas, calçadas, galerias de água e esgoto, iluminação, sinalização e acessibilidade.