Sustentabilidade

Outras Iniciativas

Fundação Odebrecht

 

Instituição privada, sem fins lucrativos, criada por Norberto Odebrecht em 1965 e mantida pela Odebrecht S.A., a Fundação Odebrecht é uma das fundações empresariais mais antigas do Brasil. Tem como missão "Educar para vida, pelo trabalho, para valores e superação de limites". A atuação está concentrada, atualmente, no Baixo Sul da Bahia, em 11 municípios que contrastam baixos índices de Desenvolvimento Humano com grande riqueza cultural, biodiversidade e recursos naturais. É nessa região que a Fundação Odebrecht busca consolidar sua tecnologia, a fim de transformar social, econômica e ambientalmente as condições de vida das pessoas.

Isso acontece por meio do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), iniciativa que tem como pilares a educação e o trabalho, com inspiração na Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO). Todas as ações são fundamentadas nas dimensões humana, com o fomento a educação contextualizada; produtiva, estimulando a geração de trabalho e renda; social, com ações que promovem a inclusão cidadã; e ambiental, tendo a conservação do meio ambiente como compromisso.

Criado em 2003, a abrangência do PDCIS, que articula o trabalho sinérgico de organizações da sociedade civil, fomenta uma espiral de desenvolvimento que tende a acelerar e otimizar sua efetividade. A apropriação dessa engrenagem por parte da comunidade local é a transformação social vislumbrada, com o incentivo à formação de uma população rural protagonista, responsável pelo próprio desenvolvimento. A coordenação da Fundação Odebrecht alia o fomento ao empresariamento com apoio à missão dessas instituições, na qualificação da gestão, conformidade, captação de recursos e parceria com outros investidores sociais. 

A Fundação Odebrecht também coordena o Programa Tributo ao Futuro, que funciona como importante fonte de captação de recursos para viabilizar projetos educacionais voltados para crianças e adolescentes. É um processo seguro, executado há mais de 10 anos, onde qualquer pessoa pode participar. O recurso arrecadado (via doação ou destinação de imposto de renda) vai direto para o Fundo da Infância e Adolescência dos municípios por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Prêmios e Reconhecimentos

Em 2008, a Fundação Odebrecht conquistou o 2˚ Prêmio ODM Brasil, concedido a projetos que colaboram com resultados efetivos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. A instituição foi a única fundação empresarial a ter o reconhecimento por contemplar em seu trabalho as oito metas da ONU em uma mesma iniciativa.
Dois anos depois, as Nações Unidas condecoraram o PDCIS, da Fundação Odebrecht, com o Prêmio ao Serviço Público. A iniciativa reconhece instituições que contribuíram para melhorar a eficiência da atuação de órgãos governamentais. O PDCIS foi a única ação contemplada na América Latina e no Caribe e venceu na categoria “Melhorando a participação cidadã nos processos de decisões públicas através de mecanismos inovadores”.

Em 2015, ano em que completou 50 anos, a Fundação Odebrecht comemorou a certificação das Casas Familiares que fazem parte do PDCIS, pela UNESCO, tornando-se as únicas Escolas Rurais no Brasil a integrar seu Programa de Escolas Associadas. Já em 2016, a Fundação recebeu o Prêmio Aberje, etapa Norte e Nordeste, pela Campanha de Comunicação de 50 anos - O Compromisso Infinito, vencedora na categoria Responsabilidade Histórica e Memória Empresarial. 

Em 2017, mais uma conquista para o PDCIS. A Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan) foi avaliada pela Fundação Abrinq pelo seu comprometimento com a infância e adolescência e recebeu o direito de usar o selo do Programa Empresa Amiga da Criança em suas embalagens e demais materiais de comunicação e divulgação.