Sustentabilidade

Valorização da Cultura

História

Estimular a preservação e a propagação da memória da Sociedade é fundamental para fortalecer a identidade coletiva e garantir o desenvolvimento sustentável das Comunidades.  Atenta a isso, a Odebrecht investe em acervos de institutos, biografias e registros da trajetória de países e corporações.

São obras como a que reconstitui a viagem do descobrimento do Brasil; a que narra o fim do Império e a instauração da República no Brasil; ou a que detalha a contribuição negra para a formação do país. Há ainda biografias como a de Castro Alves e a do Padre José de Anchieta; e coletâneas, como a Mapoteca do Itamaraty, um dicionário de biografias científicas, e um trabalho do naturalista italiano Antônio José Landi, realizado no século XVIII, que reúne esboços da fauna e da flora brasileiras.

Confira abaixo o acervo da Organização:

Visões da Terra, entre Deuses e Máquinas

Visões da Terra, entre Deuses e Máquinas, produzido por Rualdo Menegat, reúne textos e imagens da exposição Visões da Terra, realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

A exposição apresenta alguns momentos da grande aventura humana em conhecer o planeta. Embora essas visões do cosmos estejam inscritas na história, elas também remetem aos estágios do percurso cognitivo que cada um de nós, como indivíduo, realiza para entender o mundo onde vive.

A partir de uma abordagem interdisciplinar, o livro espera exercitar diálogos das visões sobre o nosso mundo, condição para se desenvolver uma cultura de sustentabilidade da vida planetária.

Páginas