Sustentabilidade

Valorização da Cultura

Parceria

Com o objetivo de preservar os patrimônios histórico, artístico e cultural dos países onde atua, a Odebrecht tem estabelecido parcerias com editoras, universidades, entidades representativas de classe e órgãos governamentais. Esse trabalho viabiliza importantes trabalhos na área. Desenvolvidas por estudiosos, as obras discorrem sobre assuntos diversos, mas que compartilham do intuito de propor uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro de diferentes segmentos sociais.

Veja mais sobre os títulos frutos dessas parcerias abaixo:

Fernando Goes - um homem e sua época

Ao lado de Clemente Mariani, Fernando Goes dirigiu o Banco da Bahia de 1942 a 1973. Fernando Goes – um homem e sua época, lançado em 2006, refaz a trajetória de Goes e retrata sua personalidade por meio do relato emocionado de seu filho, Carlos Tertuliano de Goes. A obra tem prefácio de Norberto Odebrecht, depoimentos e fotografias.

O livro recompõe uma época do Brasil, ao retratar um empresário dotado de extraordinária capacidade de compatibilizar os interesses sociais aos interesses privados.

Fixação de Texto da Obra de Jorge Amado

Em parceria com a Editora Record, o projeto de Fixação de Texto da Obra de Jorge Amado teve início em 1994. Realizado pela filha do escritor, Paloma Amado, a obra compreende a revisão e publicação dos trinta livros que integram a obra de Jorge Amado. O próprio escritor asumiu a responsabilidade de supervisionar o trabalho.

Floriano Teixeira - Desenhos

Pintor, desenhista, miniatuarista, retratista, gravador e escultor autodidata Floriano Teixeira é homenageado na obra da série Desenhos da Fundação Casa de Jorge Amado. A obra, publicada em 1997 e apoiada pela Fundação Museu Carlos Costa Pinto e pelo Governo da Bahia, traz as ilustrações produzidas por Floriano para obras de Jorge Amado. O artista é apresentado por textos de importantes nomes das artes plásticas e da literatura e por um resumo de sua trajetória.

Frutos da Seara da Escola Politécnica

Organizado pelo professor Caiuby Alves da Costa, Frutos da Seara da Escola Politécnica é, possivelmente, o principal registro histórico das atividades da instituição, fundada em 1898. Atualmente, a escola está integrada à Universidade Federal de Bahia. Editado em 2005, o livro inclui a lista de todos os formandos, desde 1901 até 2003, e de seus diretores, além de informações fundamentais para avaliar e compreender toda a extensão de seu papel.

Gregório de Mattos: o poeta renasce a cada ano

Gregório de Mattos: o poeta renasce a cada ano foi publicado em 2000, pelo Centro de Estudos Baianos da UFBA, e organizado pelo professor Fernando da Rocha Peres. O livro reúne trabalhos de estudiosos brasileiros e da especialista portuguesa Ana Hatherly, apresentados num encontro internacional homônimo, que aconteceu na Academia de Letras da Bahia.

Páginas